E o sol nasceu em Curitiba …

No aniversário da Lava Jato, o presente foi dado para a advocacia

Quem costuma encher o tanque do carro com gasolina da Petrobras deve ficar em estado permanente de alerta: pode acabar sendo investigado na operação Lava Jato. Empresários, donas de casa, professores… estão todos na mira! Um pouco de exagero, claro, mas talvez já não estejamos muito longe disso. Vejamos. No final do ano passado, na esteira de uma investigação conduzida pela Força-tarefa de Curitiba, Fábio Luís Lula da Silva, filho do ex-presidente Lula, foi acusado de receber milhões de reais em supostas vantagens indevidas da companhia de telefonia Oi. Essa versão, vazada intencionalmente para a imprensa, ocultava um detalhe muito relevante. Fábio Luís e a Oi são sócios ostensivos e regulares em uma empresa chamada Gamecorp, cujo contrato foi devidamente registrado na Junta Comercial. Esta mesma empresa publica seus balanços periodicamente em jornais de grande circulação. Tudo às claras. (mais…)

Sem conseguir comprovar, tentam confundir…

Toda investigação, em qualquer área do conhecimento, começa com suspeitas e teses. Não é raro vermos especulações improváveis abrirem caminho para grandes e importantes descobertas. É tão comum que existem até programas de TV especialmente voltados para as reviravoltas em pesquisas médicas e em investigações criminais. Suspeitar, pode-se dizer, é o primeiro passo para esclarecer. (mais…)

Fábio Luís Lula da Silva e o peso de um sobrenome

Sua empresa, a Gamecorp, nunca foi apresentada como bom exemplo de nada e vem sendo massacrada há mais de 15 anos

Poderia ser apenas a história de um garoto apaixonado por videogames, que precocemente é convidado a escrever sobre o assunto para jornais importantes, quando quase ninguém falava a respeito. Enquanto muitos outros não deram importância, ele percebeu o nascimento de uma poderosa indústria. (mais…)

A desconstrução do pacote Moro

POR AURY LOPES JR., MARCO AURÉLIO DE CARVALHO, ANTÔNIO CARLOS DE ALMEIDA CASTRO, FABIANO SILVA DOS SANTOS, FÁBIO TOFIC SIMANTOB, JULIANO BREDA, LENIO STRECK, CAROL PRONER, DANIELLA MEGGIOLARO E KENARIK BOUJIKIAN

A aprovação de uma versão muito mais civilizada, democrática e constitucional do intitulado ‘Pacote anticrime’ representou uma vitória diante do grave retrocesso proposto pelo Ministro Sérgio Moro. (mais…)

De como Moro e Dallagnol fizeram muitas coisas com… palavras!

Por Lenio Luiz Streck e Marco Aurélio de Carvalho

John Langshaw Austin escreveu um belíssimo livro chamado How to Do Things with Words (Como Fazer Coisas com Palavras) (1). Dizer é fazer, sustenta Austin. Pois, de fato, é facilmente perceptível que, de tanto que dialogaram, Moro e Dallagnol fizeram muitas coisas com palavras. Falas, atos e fatos… processuais. Sigam-nos. (mais…)