A Medida Provisória 1.085/2021 e o suposto lobby dos cartórios

Este artigo pretende analisar se a Medida Provisória moderniza e simplifica os procedimentos relativos aos registros públicos de atos e negócios jurídicos.

Joel Pinheiro da Fonseca, em artigo publicado na Folha de São Paulo em 4/4, afirma existir um “lobby de cartórios e tabelionatos” que se articula contra a MP 1.085/2021. Diz que há uma proposta em curso no Congresso Nacional para viabilizar o avanço tecnológico nas notas e registros públicos: “é a MP 1085/21, ou MP dos cartórios digitais”. Segundo o articulista, “graças ao poder de pressão dos cartórios, contudo, ela corre o risco de caducar”. Há um lobby, mas pela aprovação da Medida Provisória, haja vista farta publicação de matérias em mídias e páginas inteiras de jornais de circulação nacional.

(mais…)

Cravos para o Brasil

Por Marco Aurélio de Carvalho e Renato Afonso Thelet Gonçalves

Que os ideais da revolução portuguesa inspirem nosso país neste ano decisivo

O que fuzis e cravos têm em comum? Essa combinação improvável eternizou a manhã lisboeta de 25 de abril de 1974.

Transcorria a primavera em Portugal, e uma cena inusitada iluminou o Chiado. Um soldado pedira um cigarro à Celeste Martins Caeiro, “empregada de mesa” de um restaurante no icônico Edifício Franjinhas, que voltava à casa com um punhado de cravos destinados às comemorações de um ano de vida do estabelecimento, canceladas em virtude da notícia de um golpe de Estado no país.

(mais…)

Movimento pelo Brasil: Lula no primeiro turno

Por Marco Aurélio de Carvalho, Cristovam Buarque, Maurício Rands, Pedro Ivo, Randolfe Rodrigues, Rosângela Lyra e Wellington Almeida

Contra Bolsonaro, urge a gestação de uma ampla frente democrática

Um movimento de cidadãs e cidadãos, suprapartidário, que almeja um novo ciclo para a história do Brasil. Um movimento da sociedade civil, de acadêmicos, empresários, profissionais liberais e dos movimentos culturais e sociais conscientes de que o país não pode correr o risco de mergulhar em mais quatro anos de obscurantismo.

(mais…)